segunda-feira, 10 de junho de 2013

A presença de Deus em nós!

Tema: A presença de Deus em nós.
Texto base: Gn.03:08.
INTRODUÇÃO:
O texto fala dos primórdios da humanidade, num tempo em que não conseguimos mensurar ou afirmar. Mas o homem ainda estava sob a proteção de Deus, no Jardim do Éden.
O texto é claro: Na viração do dia, Deus visitava o homem... A King James diz:  “na brisa vespertina”.
Isso mesmo! O próprio Deus vinha visitar o homem todos os dias quando o dia terminava e iniciava-se a noite. No "fim do expediente" Deus vinha e abençoava o homem.
Mas naquele dia foi diferente. Deus percebeu que o homem não veio recepcioná-lo como sempre fazia..
A visita chegou mas o anfitrião estava escondido. Deus pergunta: Onde estás?
Vs. 10: Ouvi tua voz no jardim, e, porque estava nu, tive medo e me escondi.
Vs. 11: Quem te fez saber que estavas nu? Comeste da árvore de que te ordenei que não comesse?
Esse diálogo deu início ao primeiro julgamento da humanidade. O homem havia desobedecido a Deus e fora condenado. A condenação certamente foi terrível, mas uma situação neste julgamento tem passado desapercebida aos olhos dos homens e eventualmente também dos teólogos.
Quando o homem foi lançado foram do jardim, Deus não o visitava mais, na viração do dia!
Perdeu-se a presença de Deus! Perdeu-se a visita de Deus! Perdeu-se a intimidade com Deus! Perdeu-se a cumplicidade de nossos atos com Deus, em troca do conhecimento do bem e o mal. Será que valeu a pena?

Trocamos a luz pelas trevas! Trocamos Deus pelo mal! Porque o bem já tínhamos à nossa disposição.
__Ora mas foi Adão!
Então diga-me que você não gosta do pecado, que você não peca, e ai teremos legitimidade para colocar a culpa em Adão!

O PÓS PECADO PARA ADÃO:
Imaginem Adão, depois da desobediência. Todas as tardes, ele ficava esperando Deus aparecer para ele, mas... Seu pecado o separou de Deus.
A primeira visão de Adão, quando Deus lhe soprou a vida, foi Deus! Ele conhecida Deus face a face! Moisés não pôde Enoque não pôde, Davi não pôde, mas ele podia!
E jogou fora, por causa do pecado, e separou-se de Deus. Adão transformou em trevas sua vida, seus dias!

QUANTA SAUDADE ADÃO SENTIA DE DEUS...
Você já parou durante a semana, para lembrar-se de Deus, e se pegou chorando??? Isso é saudade de Deus!
A música antiga diz: Eu tenho de Jesus saudade, quando será que eu vou...
Adão sentiu saudades da visitação de Deus todos os dias.
Passaram-se milhares de anos, até que Deus pudesse, novamente se comunicar com o homem.
O pecado do homem foi tão grande, e separou tanto o homem da santidade de Deus que, quando a presença de Deus estava no templo, sobre a arca, foi necessário o véu de linho trançado que pesava cerca de 400 quilos de pano!
Veja Ex. 26: 31-33. O véu fazia separação!
Um Deus que visitava o homem todos os dias, precisou separar-se dele por causa da desobediência...

O PÓS PECADO PARA DEUS
Adão sofreu, Eva sofreu, mas vamos nos colocar no lugar de Deus... Imaginem o quanto Deus sofreu quando viu o melhor de sua criação desobedecendo-o, escondendo-o, precisando fazer roupas para ele...
Imagine o que aconteceu com o Senhor, no primeiro dia após a desobediência,quando foi chegando a hora da viração do dia.
A angustia, a falta do que fazer, o querer ir mas não poder, o querer abraçar mas não poder, o querer conversar mas não ter ninguém para fazer isso, porque aqueles a quem Ele amava preferiram a desobediência!
Foram milhares de anos que separaram Deus do homem. Ele precisou criar subterfúgios para que o homem pudesse querer buscá-lo de novo!
E quando chegou a plenitude dos tempos, o Pai enviou seu filho para que todo aquele que Nele crer não mais morresse mas tivesse a vida eterna!
Mas ainda precisou esperar mais de 30 anos para que a obra se cumprisse por completo!
Deus precisou abandonar seu filho Jesus,precisou virar as costas para Ele, para que pudesse novamente conversar conosco!
Mt. 27:46-53:
E perto da hora nona exclamou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lamá sabactâni; isto é, Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? E alguns dos que ali estavam, ouvindo isto, diziam: Este chama por Elias, E logo um deles, correndo, tomou uma esponja, e embebeu-a em vinagre, e, pondo-a numa cana, dava-lhe de beber. Os outros, porém, diziam: Deixa, vejamos se Elias vem livrá-lo. E Jesus, clamando outra vez com grande voz, rendeu o espírito. E eis que o véu do templo se rasgou em dois, de alto a baixo; e tremeu a terra, e fenderam-se as pedras; E abriram-se os sepulcros, e muitos corpos de santos que dormiam foram ressuscitados; E, saindo dos sepulcros, depois da ressurreição dele, entraram na cidade santa, e apareceram a muitos. 

O NOVO TEMPO:
Inicia-se aí uma nova era para a humanidade!
A ânsia de Deus em conversar conosco de novo foi tão grande que até os mortos haviam ressuscitado! Era o desejo de Deus, conversar conosco de novo! Se relacionar com o homem de novo.
Por isso ele tirou todas as barreiras! Por isso ele tirou todos os impedimentos.
Acabou com a Lei, acabou com os sacrifícios, acabou com o véu, humilhou-se à condição de homem, quebrou todos os paradigmas de quase 4000 anos, para que iniciasse uma nova relação com o homem!
Abriu-se um novo e vivo caminho! Agora é só oração! Agora é só adoração, agora não precisava mais ser apenas na viração do dia, pode ser a qualquer momento ele falar conosco!
Agora é só o homem e Deus! Aleluia!

INFELIZMENTE NÃO FOI ASSIM QUE ACONTECEU...
Deus deixou tudo pronto para nos visitar sempre...
Mas continuamos a dar preferência ao pecado...
Mas continuamos a viver na desobediência...
Ainda trocamos Deus por qualquer coisa... 
Qual a diferença entre esconder-se de Deus por vergonha, e ficarmos na inércia do cansaço e muito trabalho para darmos desculpas a Deus.
Qual a diferença entre comer o fruto e não dar o dizimo?
Qual a diferença entre desobedecer e não falar do amor de Deus para os outros?
Qual a diferença entre desobedecer e viver uma vida Cristã apenas de domingo.
Qual a diferença entre sentir saudade de Deus, mas preferir o pecado?

É assim que somos na maioria dos nossos dias! Porquê? 
Por que temos dentro de nós a natureza do pecado que milita contra a natureza divina.
Nascemos com a natureza do pecado! Recebemos a natureza divina quando nascemos de novo, aceitando a Jesus, agora essa guerra espiritual acontece todos os dias em nossa vida.
Deus querendo se relacionar conosco, através de Jesus, o único mediador entre Deus e os homens! E o inimigo de nossas almas, tentando nos manter longe de Deus, coloca em nossos corações e mentes aquilo achamos gostar, aquilo que decidimos em favor dele e em desfavor de Deus! Para depois pedirmos perdão, mas nos sentirmos culpados!
E culpados, não nos achamos dignos de Deus, e não nos achando dignos, nos afastamos dele, e continuamos na desobediência, e anulamos o sacrifício de Jesus por nós. E criamos o nosso próprio véu, que nos separa de Deus.

CONCLUSÃO:
Deus que você perto Dele. Ele enviou Jesus para que você se aproximasse Dele. Basta arrepender-se de seus pecados, de suas culpas, entregá-las a Deus, e Ele estará de braços abertos lhe esperando. Venha para Jesus!



Nenhum comentário:

Postar um comentário